Museu do Rádio

Museu do Rádio

Inaugurado em 2013 o Museu do Rádio apresenta com riqueza de detalhes e peças a história do veiculo de comunicação mais popular do planeta. Rádios das décadas de 30, a 70 e equipamentos que ajudam a contar como nasceu o rádio e a evolução até os dias de hoje. Além de contar a historia da primeira emissora da região no Estado, a Rádio Pajeú.

O Museu do Rádio funciona no berço da Pajeú, no prédio onde na década de 50 abrigou a Rádio até os anos 70, no Bairro São Francisco, ao lado da Igreja da Paróquia de mesmo nome.

O Museu foi criado e é gerenciando pela Fundação Cultural Senhor Bom Jesus dos Remédios, mantenedora da Rádio Pajeú e é o primeiro da categoria em Pernambuco.

 Quando assumimos uma missão gerencial na Rádio, verificamos que havia muitos equipamentos antigos que ajudam a contar a história da emissora. Pensamos em organizar e registrar isso, pois a Pajeú é a primeira rádio do Sertão. Ao mesmo tempo, é uma homenagem ao papel que o estado tem na história do veículo no país”,

disse o Gerente Administrativo Nill Júnior na inauguração do Museu, em seu nome e do Gerente Administrativo Adjunto, Padre Josenildo Nunes de Oliveira.

O Museu do Rádio está aberto de segunda a sábado das 14h às 18h e em horários agendados por grupos e escolas através do telefone (87) 3838-2790 ou na secretaria da Rádio Pajeú.

Semanalmente, várias pessoas de muitos locais da região, do Nordeste e do Brasil, além de turmas de escolas sertanejas visitam seu espaço.

Confira abaixo algumas galerias de fotos:

(Para ampliar é só clicar na imagem)

Inauguração do Museu:

Algumas fotos do espaço físico e do acervo:

Algumas visitas que o museu já recebeu:

 

 

3 comentários

  1. Achei muito interessante esta ideia de mostrar as peças raras que fez a comunicaçao do Brasil nos tempos aurios do Radio em nosso pais

  2. Precisamos de professores com formação erudita em música, que estejam dispostos a dar aulas de teclado, violão, piano, etc.

    Grande abraço à todos!

  3. Antonio Souto Coutinho

    Parabéns pela iniciativa. Lembro-me bem do impacto que causou a criação da Rádio Pajeú, pioneira no sertão. Com prazer, sintonizava-a em Campina Grande para matar as saudades da família e da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top