População carcerária do Brasil e é a 3ª maior do mundo, diz estudo
Rebelião controlada no Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato, em Natal, pelo Batalhão de Operações Especiais (Foto: Divulgação/Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp)

População carcerária do Brasil e é a 3ª maior do mundo, diz estudo

Relatórios do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen), do Ministério da Justiça, referentes aos anos de 2015 (dezembro) e 2016 (até junho), divulgados nesta sexta-feira, 8, mostram que continuam em disparada no Brasil o número de pessoas presas, a taxa de encarceramento por habitante e o déficit de vagas no sistema prisional.

A população carcerária chegou a 726 mil e se tornou a terceira maior do mundo, passando a Rússia, atrás de Estados Unidos e China, enquanto o número de vagas, estagnado, alcança apenas a metade. E para cada vaga individual, há duas pessoas detidas.

Comparada com 1990, quando teve início a série histórica informada pelo Ministério da Justiça, a população carcerária foi multiplicada em 8 vezes, saltando de 90 mil para 726.712 mil pessoas, sendo que no mesmo período a população nacional cresceu apenas 39%. Os números incluem pessoas presas por condenação e também as que ainda não passaram por julgamento.

Sobre Tito Barbosa

Tito Barbosa
Aristides Silva Albuquerque - “Tito Barbosa” é um dos filhos de Abílio Barbosa. Aprendeu com o pai a profissão de operador de áudio e integra os quadros da Rádio Pajeú desde janeiro de 1995. É irmão do também falecido Abílio Júnior, que por tempos ocupou a mesma função que ele na emissora. Também gerencia o blog Afogados Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top